INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIRO: UM PARALELO EM DUAS COOPERATIVAS AGROPECUÁRIAS DO RIO GRANDE DO SUL

Edson da Silva Farias, Maríndia Brachak dos Santos, Márcia Helena dos Santos Bento, Gabriel Murad Velloso Ferreira, Gilmar Jorge Wakulicz, Ricardo Höher

Resumo


O presente estudo teve por objetivo identificar o desempenho econômico-financeiro de duas cooperativas agropecuárias do Rio Grande do Sul. No que tange aos aspectos metodológicos a pesquisa caracteriza-se como descritiva com abordagem quantitativa e utiliza-se do método estudo de caso como delineamento. Para a análise dos dados foram utilizados os seguintes índices: Liquidez seca (LS), Composição de Endividamento (CE), Margem Líquida (ML), Retorno sobre o Ativo (ROA) e Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE). Os resultados deste estudo indicam que a cooperativa “Beta” apresenta melhor liquidez de curto prazo em relação a cooperativa “Gama”. O desempenho econômico-financeiro de ambas se encontra em situação satisfatória, ou seja, foram capazes de gerar sobras no período avaliado, bem como, apresentam condições financeiras de pagar suas obrigações com terceiros na data prevista.

Texto completo:

PDF


ÂNIMA/Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@sociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia