FATORES RELEVANTES DE QUALIDADE DE VIDA DA GERAÇÃO Y: UM ESTUDO A PARTIR DA PERCEPÇÃO DE ESTUDANTES DE ADMINISTRAÇÃO

Daiani Stamm, Adriane Fabricio, Felipe Cavalheiro Zaluski

Resumo


Este estudo objetiva-se identificar a qualidade de vida no trabalho (QVT) de indivíduos pertencentes a geração Y. Para isso, aplicou-se uma adaptação do Modelo de Walton (1973) em uma amostra de estudantes do curso de ensino superior de Administração de uma universidade localizada na Região Celeiro do Estado do Rio Grande do Sul. Deste modo, primeiramente apresenta-se uma revisão teórica do tema abordado e, após, elucida-se a descrição do perfil dos entrevistados e os resultados das análises das informações coletadas. Conclui-se que são relevantes para a geração Y os seguintes fatores de qualidade de vida no trabalho: 1º - Relevância Social; 2º - Integração Social na Organização; 3º - Condições de Trabalho e Segurança; 4º - Trabalho e Espaço Total de Vida; 5º - Constitucionalismo: direitos e deveres; 6º - Utilização e Desenvolvimento das Capacidades; 7º - Oportunidade de Crescimento e Segurança e; 8º - Compensação Justa e Adequada.

Texto completo:

PDF


ÂNIMA/Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@sociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia