ABSENTEÍSMO NA UNIDADE PRISIONAL MAJOR ZUZI ALVES DA SILVA ÁGUA BOA-MT 2014/2015.

José Carlos Marques, Gilberto Antônio de Oliveira, Shinarley Azevedo da Silva

Resumo


O absenteísmo é causado por diversos fatores presentes cotidianamente nas organizações, prejudicando o ambiente de trabalho e a produtividade na organização. O presente estudo visa identificar os fatores que causam o absenteísmo na unidade prisional Major Zuzi Alves da Silva Água Boa-MT, 2014/2015. Trata-se de um estudo qualitativo, por meio de análise documental, onde identificou as variáveis sócias demográficas: tipos de atestado, idade, estado civil, escolaridade, sexo, local onde reside. Os resultados foram 289 atestados que contabilizaram 4670 dias de 99 servidores sendo 23 do sexo feminino e 76 masculinos. Os dados mostraram as cinco maiores causas de absenteísmo na penitenciária estudada, em primeiro, transtornos psicológicos 1.630 dias, seguido por ausência para acompanhante de familiares enfermo 1.097 dias, terceiro câncer de pele 605 dias, quarto afastamento por motivos relacionados à gravidez 500 dias e em quinto ausência para tratamento de hérnia 217 dias. Essas ausências sobrecarregam os servidores presentes, interferindo no seu desempenho e na qualidade dos serviços. Os resultados mostram que os agentes, casados que reside fora do município do seu local de trabalho, tiveram maiores número de ausências, deixando claro que o motivo principal dessas ausências é a distância de seus familiares.

Texto completo:

PDF


ÂNIMA/Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@sociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia