Abordagens estratégicas: um olhar sobre empresas instaladas em uma incubadora de base tecnológica

Carlos Alberto Kalinovski Hoffmann

Resumo


O atual contexto competitivo, onde o ambiente vem tornando-se crescentemente complexo, tem exigido das organizações uma maior capacidade de formular suas estratégias, as quais são fundamentais na busca pela sobrevivência organizacional. As incubadoras de empresas atraem micro e pequenas empresas que dispõem de recursos escassos, crescendo ainda mais a exigência de formulações estratégicas capazes de manter as organizações competitivas, sob pena de desaparecem. Assim, este artigo tem como objetivo principal realizar uma análise das abordagens estratégicas, à luz das escolas de pensamento estratégico de Mintzberg et al. (2000), empregadas pelas empresas instaladas na incubadora multissetorial de base tecnológica RAIAR – incubadora de empresas da PUCRS, identificando os diferentes processos de formação de estratégias nestas organizações. Foram analisadas três empresas que demonstraram interesse em participar do estudo e fornecer as informações necessárias para a sua realização. Entrevistas em profundidade com gerentes/responsáveis da área administrativa foram exploradas por meio da técnica de análise de conteúdo com o intuito de analisar as suas características organizacionais voltadas para o processo de formulação de estratégias. Como resultado identificou-se que as empresas se enquadram em escolas variadas, tais como, na Escola do Posicionamento, Empreendedora e do Aprendizado.

Texto completo:

PDF


ÂNIMA/Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@sociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia