Como é a percepção do financiador privado sobre a prestação de contas de uma organização do terceiro setor? O caso sobre a SCAR - Sociedade de Cultura Artística de Jaraguá do Sul.

Júlio César da Silva, Marcelo Dockhorn , Jorge Eduardo Scarpin

Resumo


A SCAR - Sociedade de Cultura Artística de Jaraguá do Sul, por meio da Lei do Mecenato, desenvolve pelo 7º ano consecutivo o Projeto Música para todos (MPT). Este projeto enquadra-se no artigo 18º da Lei Rouanet, e conforme exigência da lei, somente podem patrocinar empresas tributadas com base no lucro real. No caso particular do projeto MPT, ele possui um único financiador desde o inicio. Neste contexto instiga-se a pergunta: Como é a percepção do financiador privado sobre a prestação de contas da SCAR? O objetivo deste estudo é analisar a percepção do financiador privado sobre a prestação de contas de uma organização do terceiro setor, por meio de uma pesquisa descritiva, sendo um estudo de caso, com abordagem qualitativa, e a população alvo formado por representantes do financiador privado, apresentando como o financiador percebe a prestação de contas de um projeto cultural.

Texto completo:

PDF


ÂNIMA/Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@sociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia