Eficiência do mecanismo do contrato futuro de operações de hedge em derivativos agropecuários: um estudo sobre a cana-de-açúcar

Flavio Barboza, Lorena Pires Castro

Resumo


O agronegócio brasileiro é um setor da economia em constante crescimento e participação no Produto Interno Bruto (PIB). A cana-de-açúcar possui uma importante contribuição para o mesmo, despontando o Brasil como líder mundial na sua produção. Porém, a produção agropecuária enfrenta diversos riscos ligados ao clima, pragas e variação de preços, fazendo-se necessária a gestão de riscos. Como forma de amenizar o risco de mercado que diversos produtores enfrentam, é utilizado o mercado de derivativos. Este artigo possui como objetivo analisar a eficiência do mecanismo do mercado futuro de operações de hedge em derivativos agropecuários. Para isso, examinam-se estratégias de gestão de risco. Os resultados mostram que a comercialização no mercado spot se mostrou a mais eficiente ao produtor e com capacidade para cobrir os custos.

Texto completo:

PDF


Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@unisociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia