O ATO DE PRESENTEAR NO DIA DOS NAMORADOS SOB A ÓTICA DA TEORIA DA RECIPROCIDADE DE GOULDNER (1960)

João Henriques de Sousa Júnior, Gabriela Pastre, Miriam Leite Farias, Bianca Gabriely Ferreira Silva

Resumo


Ao mesmo tempo em que movimenta o mercado, o ato de presentear apresenta diversos simbolismos e é regido por dimensões motivacionais. Assim, entendendo a relevância e a importância de se aprofundarem os estudos sobre essa temática, o presente estudo objetivou compreender como se dá o ato de presentear no dia dos namorados na perspectiva de casais heterossexuais, sob a ótica da teoria da reciprocidade de Gouldner (1960). Para tanto, realizaram-se 18 entrevistas com 9 casais heteronormativos das cidades de Florianópolis-SC, Caruaru-PE e João Pessoa-PB, entre os meses de junho e julho de 2018. Os resultados apontam que há diferenças por gêneros no comportamento de presentear, mesmo em um relacionamento, e que casais em relacionamentos mais duradouros preferem presentear com momentos e experiências.

Texto completo:

PDF


Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@unisociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia