ESTRATÉGIAS E OBSTÁCULOS PREDOMINANTES NO PROCESSO DE INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS: UMA ANÁLISE DOS ESTUDOS DE CASO.

Marcelo Longo Freitas Mandarino, Josir Simeone Gomes

Resumo


Este trabalho apresenta um estudo acerca das principais estratégias de internacionalização utilizadas por pequenas e médias empresas (PMEs) no Brasil e no exterior. Em formato descritivo e exploratório buscou-se analisar artigos nas bases Scopus, Capes e Spell no período de 2015 a 2019 cujo foco foi estudo de caso com obtenção dos dados através de fonte primária. Constatou-se poucos estudos de caso publicados com esta abordagem metodológica, havendo uma tendência para o uso da teoria da rede e exportação direta como estratégias de internacionalização para PMEs. Há certa harmonia na distribuição das estratégias utilizadas tanto por empresas brasileiras quanto estrangeiras. Destaca-se o ramo de tecnologia com maior número de estudos de casos acerca da temática. Por fim, identificou-se diversas barreiras nos estudos de caso analisados, tendo destaque para a falta de qualificação e conhecimento, fator linguístico e cultura do país anfitrião além do planejamento financeiro.

Texto completo:

PDF


Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@unisociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia