ESTUDO SOBRE O PAPEL DA GOVERNANÇA EM UM ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DE PRODUTORES DE VINHO NO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO-SP

Daniel Bertoli Gonçalves

Resumo


A organização colaborativa entre empresas de determinadas regiões e setores, definida como Arranjos Produtivos Locais ou Clusters, tem fomentado um grande debate acerca do complicado equilíbrio entre cooperação e competição, cuja sobrevivência está intrinsicamente relacionada a capacidade de governança desses Arranjos. O objetivo deste trabalho foi analisar a contribuição da governança para fortalecer os requisitos, eventualmente não atendidos, de um Arranjo Produtivo Local – APL ou Cluster, de um grupo de produtores de vinho na região de São Roque-SP, conforme critérios estabelecidos pelo Ministério Desenvolvimento da Indústria e Comércio. Os resultados indicam a necessidade da estruturação de um sistema de governança e alteração na metodologia utilizada para seu fortalecimento, com inclusão de requisitos viáveis por Governança.

Texto completo:

PDF


ÂNIMA/Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@sociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia