COMISSÕES DE ÉTICA DO PODER EXECUTIVO: UM ESTUDO BASEADO EM RISCOS

Júlio César Matos Oliveira, Annita Valléria Calmon Mendes, Luciana de Oliveira Miranda, Suylan de Ameida Midlej e Silva

Resumo


Este artigo aborda a gestão de riscos no setor público a partir da aplicação de um modelo de gerenciamento de riscos em comissões de ética do Poder Executivo Federal. Para alcançar seus objetivos, a pesquisa empregou o modelo de gerenciamento de riscos ISO 31000. A aplicação do modelo envolveu a realização de entrevistas com membros de comissões de ética de ministérios, a proposição de um índice de riscos e uma escala de classificação dos riscos. Em seus resultados, foram apontados 19 riscos relacionados às atividades das comissões de ética, sendo 3 riscos classificados como altos, 6 riscos classificados como moderados e 10 riscos classificados como baixos. Além de identificar, analisar e avaliar os riscos, o artigo propõe medidas para o tratamento dos riscos, aponta as limitações da pesquisa e sugere questões a serem exploradas em estudos futuros.

Texto completo:

PDF


ÂNIMA/Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@sociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia