AS REPRESENTAÇÕES SOCIOCULTURAIS DO LAZER FRENTE A UMA CONSTRUÇÃO HISTÓRICA

Sancléya Evanessa de Lima, Luiz Carlos Gambetta, Denise Rosana Da Silva Moraes

Resumo


O artigo tem como objetivo analisar os hábitos de lazer de estudantes de uma faculdade de Educação Física de Foz do Iguaçu (Pr), sob a perspectiva de autores que discorrem sobre o tema. A metodologia adotada combina revisão bibliográfica e pesquisa de campo, que consistiu na aplicação de questionário específico. A pesquisa foi dividida em três partes: a primeira discorre sobre as mudanças dos conceitos e formas de conceber o lazer sob o ponto de vista histórico. A segunda aborda a importância do lazer e do trabalho como dimensões do cotidiano, ligados ao processo de realização pessoal. Na terceira e última parte, de acordo com estudo de campo, são analisadas as representações do lazer entre os estudantes do curso de graduação em Educação Física.

Texto completo:

PDF


ÂNIMA/Centro Universitário UNISOCIESC - Blumenau/SC Rua Pandiá Calógeras, 272 CEP: 89010-350 - Blumenau - SC Telefone: (47) 2111 2900 e-mail: rica@sociesc.com.br e-mail: oscar.dalfovo@unisociesc.com.br RIC@ - ISSN 1980-7031 CAPES/QUALIS

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia